Os Efeitos e Benefícios dos Probióticos para a Pele

beneficios-dos-probioticos-pele

Os Efeitos e Benefícios dos Probióticos para a Pele: Muitas pessoas tomam suplementos probióticos para a saúde digestiva, urinária e vaginal. No entanto, já temos evidências dos benefícios dos probióticos para a pele.

Veja neste artigo como deixar sua pele mais clara, tonificada e jovem, aproveitando os efeitos dos probióticos.

Os Benefícios dos Probióticos para a Pele

Desde os anos 1930, Especialistas têm postulado a teoria do eixo intestino-cérebro-pele, acreditando que o estado emocional de uma pessoa – seja ansiedade, estresse ou depressão – pode alterar as funções do trato gastrointestinal e causar bactérias ruins ou não saudáveis. Este, por sua vez, provoca inflamação que leva a condições de pele como rosácea, acne ou eczema. Daí a importância de manter os probióticos na sua dieta.

Probióticos ajudam na manutenção de um intestino saudável, com menos toxicidade sendo reabsorvida na corrente sanguínea. As toxinas inibem a absorção de importantes vitaminas, minerais e nutrientes e interferem na capacidade do organismo de se livrar do desperdício necessário, causando inflamação.

Benefícios dos Probióticos para Tratamento da Pele

Os probióticos não são um tratamento isolado para problemas de pele, mas podem ser usados ​​por pacientes em combinação com o tratamento. A Especialista em Dermatologia Ipiranga vai falar mais sobre. Veja a seguir algumas condições que apresentaram melhora com o uso dos probióticos.

Acne e os Benefícios dos Probióticos para a Pele

Pequenos estudos da Itália, Rússia e Coréia descobriram que probióticos de alimentos ou suplementos usados ​​em conjunto com tratamentos padrão de acne podem aumentar a taxa de eliminação da mesma, ajudando também os pacientes a tolerarem melhor o tratamento da acne com antibióticos. Algumas cepas probióticas consideradas eficazes em estudos de acne incluem Lactobacillus, L. acidophilus e B. bifidum.

Estudos preliminares de probióticos tópicos para acne mostraram que eles podem ajudar a reduzir o número de lesões cutâneas ativas. Os probióticos aplicados na pele podem ajudar a acne, formando um escudo protetor que evita que as bactérias causadoras de espinhas causem danos à pele, agravando o sistema imunológico e provocando inflamação.

Eczema

Pesquisadores finlandeses analisaram as mulheres grávidas que tomaram suplementos probióticos (contendo Lactobacillus rhamnosus GG) por duas a quatro semanas antes do parto, e também após o parto, se estavam amamentando, ou adicionaram probióticos à fórmula infantil por pelo menos seis meses. Eles descobriram que os probióticos reduziram as chances de eczema em bebês que tinham fortes histórias familiares da condição da pele com comichão até pelo menos dois anos e possivelmente mais.

Rosácea

Esta condição inflamatória da pele causa vermelhidão facial nas bochechas, nariz, queixo ou testa, bem como pequenos inchaços vermelhos ou espinhas. Os probióticos podem ajudar a controlar os surtos e sintomas da rosácea, sugerem estudos.

Os extratos probióticos em conjunto com a medicação podem reduzir a vermelhidão observada na rosácea e também melhorar e fortalecer a barreira da pele para reduzir o ardor, a queimação e a secura.

Envelhecimento

O uso de probióticos para proteger a pele dos efeitos do envelhecimento é uma nova área que mostra promessas iniciais, mas precisa de mais pesquisas. Há evidências de que os probióticos podem ajudar a construir o colágeno, a principal proteína da pele que afeta sua textura e tom.

O aumento do número de bactérias boas também pode ajudar a hidratar a pele envelhecida, reduzir os danos causados ​​pelo sol e melhorar a aparência de linhas finas e rugas.

Benefícios dos Probióticos para a Pele – Uso Tópico dos Probióticos

Outra área interessante de pesquisa é o desenvolvimento de probióticos tópicos, que podem ser aplicados diretamente na pele. Vários fabricantes estão atualmente experimentando a adição de cepas ou extratos de probióticos a seus produtos de cuidados com a pele, incluindo hidratantes, produtos de limpeza, peelings e loções, e alguns produtos já estão no mercado.

Finalizando

Ainda assim, mais estudos são necessários para determinar quais cepas podem funcionar melhor e quantas bactérias sobrevivem quando os probióticos são espalhados na superfície da pele.

Bhtenefits-of-probiotics-for-skin

Dra Viviane CCampos

Você Sabe Quando Procurar um Dermatologista?

O dermatologista é o médico especialista no maior órgão do corpo humano: a pele. Além disto, ele também trata de todos os tecidos classificados como epiteliais: pelos, unhas, cabelos e mucosas. Veja neste artigo quando procurar um dermatologista para prevenir e tratar qualquer problema que possa afetar essas partes do corpo humano.
Dra Viviane CCampos
Compartilhe
Categories : Estética Pele

Todos os utilizadores da plataforma se comprometem a divulgar apenas informações verdadeiras. Caso o comentário não trate de uma experiência pessoal, forneça referências(links) sobre qualquer informação médica à ser publicada. O público pode realizar comentários, alterar ou apagar o mesmo. Os comentários são visíveis a todos.