Ácido Retinoico – A Pílula do Rejuvenescimento?

Ácido Retinoico - A Pílula do Rejuvenescimento

Ácido Retinoico – A Pílula do Rejuvenescimento: O ácido retinoico, também conhecido como tretinoína, é um membro da família de compostos do retinol (vitamina A). Estes são conhecidos coletivamente como retinoides e são agentes antienvelhecimento bem conhecidos. O mais notável dos retinoides é a tretinoína, amplamente reconhecida como um tratamento antienvelhecimento confiável para o fotoenvelhecimento e o envelhecimento intrínseco da pele desde a década de 1980.

Neste artigo, saiba mais sobre o uso deste princípio ativo e suas indicações.

O Ácido Retinoico no Tratamento do Envelhecimento da Pele

Há uma abundância de pesquisas científicas apoiando os benefícios antienvelhecimento do ácido retinoico para a pele, como um agente antienvelhecimento comprovado para a pele fotodanificada. Melhorias nas linhas finas, rugas, espessura da epiderme, hiperpigmentação e textura da pele também já foram observadas. Além disso, esses efeitos continuam a melhorar com períodos prolongados de uso, apesar de cessarem com a descontinuação do tratamento.

O Processo de Envelhecimento da Pele

O envelhecimento da pele é um processo biológico que consiste em dois tipos. Enquanto o envelhecimento intrínseco ou cronológico é um processo inevitável, o fotoenvelhecimento envolve o envelhecimento prematuro da pele que ocorre devido à exposição cumulativa à radiação ultravioleta. Cronologia e fotoenvelhecimento apresentam manifestações clinicamente diferenciadas.

Vários retinoides naturais e sintéticos têm sido explorados para o tratamento do envelhecimento e muitos deles mostraram melhora histológica e clínica, mas a maioria dos estudos foi realizada em pacientes com pele fotoenvelhecida. Entre os retinoides, a tretinoína é possivelmente o mais potente e certamente o retinoide mais amplamente investigado para a terapia do fotoenvelhecimento.

Envelhecimento Intrínseco/Cronológico

Envelhecimento intrínseco/cronológico é definido por fatores clínicos, histológicos e fisiológicos que ocorrem na pele protegida do sol, afetando a taxa de renovação epidérmica, depuração de substâncias químicas da derme, espessura dérmica e termorregulação, taxa de epitelização após ferimento, proteção mecânica, percepção sensorial, produção de suor e sebo, capacidade de síntese de vitamina D e reatividade vascular. Clinicamente, a pele intrinsecamente envelhecida é atrófica, o que pode resultar em proeminência da vasculatura e perda de elasticidade.

Fotoenvelhecimento

O fotoenvelhecimento consiste no envelhecimento prematuro por danos devido à exposição crônica da pele à luz UV. Clinicamente, a pele fica grossa; a epiderme se espessa inicialmente e depois se afina, há frouxidão, aparência de rugas e hiperpigmentação irregular. Os poros da pele são maiores, com tendência a desenvolver materiais nodulares, como cistos e comedões.

Efeitos do Ácido Retinoico

Como a tretinoína é um ácido, seu uso pode causar irritação da pele. Embora este efeito tenha diminuído com a continuação do tratamento, ainda é um fator que leva algumas pessoas a descontinuar o tratamento com tretinoína. Entretanto, estudos já demonstraram que o tratamento com baixa concentração de creme de tretinoína (0,025-0,1%) pode proporcionar benefícios antienvelhecimento semelhantes à pele fotoenvelhecida, com menos irritação. Por este motivo, o creme de tretinoína a 0,02% é agora reconhecido pelo FDA dos EUA para o tratamento do fotoenvelhecimento da pele.

Além disso, o Creme de Tretinoína demonstrou proporcionar benefícios antienvelhecimento ainda maiores à pele envelhecida cronologicamente do que à pele fotodanificada.

Acima de tudo, também é importante notar que as mudanças mais notáveis ​​de anti envelhecimento vêm do tratamento com creme de tretinoína por períodos que se estendem por seis meses de tratamento. Melhora no nível dérmico da pele com formação de novas fibras de colágeno e redução de material microfibrilar degenerado foi observada após períodos de tratamento superiores a 6 meses.

Ácido Retinoico no Tratamento da Acne

O ácido retinoico e outros compostos retinoides auxiliam no tratamento da acne, desobstruindo os poros da pele. Além de agir contra comedões e microcomedões, o ácido retinoico tem demonstrado efeitos anti-inflamatórios diretos no tratamento da acne. O ácido retinoico ou tretinoína também já é aprovado para o tratamento da acne nos EUA.

É importante considerar que o ácido retinoico é considerado um ingrediente de alto risco para uso na pele e restrito a formulações com baixas concentrações. Converse com o seu dermatologista de confiança sobre a indicação deste ativo para a sua pele.

Dra Viviane CCampos

Você Sabe Quando Procurar um Dermatologista?

O dermatologista é o médico especialista no maior órgão do corpo humano: a pele. Além disto, ele também trata de todos os tecidos classificados como epiteliais: pelos, unhas, cabelos e mucosas. Veja neste artigo quando procurar um dermatologista para prevenir e tratar qualquer problema que possa afetar essas partes do corpo humano.
Dra Viviane CCampos
Compartilhe
Categories : Estética Pele

Todos os utilizadores da plataforma se comprometem a divulgar apenas informações verdadeiras. Caso o comentário não trate de uma experiência pessoal, forneça referências(links) sobre qualquer informação médica à ser publicada. O público pode realizar comentários, alterar ou apagar o mesmo. Os comentários são visíveis a todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *